5 dicas para queimar mais gordura com exercícios

A regra é que, para “queimar gordura” é preciso fazer exercícios aeróbicos com intensidade moderada (correr, caminhar rápido, nadar) por mais de 20 minutos, de preferência 1 hora.


No entanto, hoje em dia, esta teoria não é a única, existem outros métodos de treinamento e dicas que você pode aplicar, para queimar mais gordura em menos tempo e de forma menos monótono!



  • Sempre “progride” o treinamento, ou seja, aumenta o nível para “não entablarte” e continuar tendo resultados. Grande parte da estagnação ao treinar (e é por isso que muitos desistem) é porque, depois de muito tempo de fazer o mesmo há menos resultados! E entre outros fatores, deve-se a que o exercício deixa de ser um desafio.

Altera periódica e, estrategicamente, por exemplo: uma semana aumenta o tempo, outra a intensidade (velocidade) e outra reduz o tempo de descanso (em caso de fraccionados ou intervalos). As principais variáveis são:



  • Volume (tempo total, séries, repetições)

  • Intensidade (peso, velocidade, dificuldade)

  • Densidade (tempo de descanso)


  • O trabalho aeróbico (cardiovascular) baseia-se na duração do estímulo e na freqüência cardíaca de treinamento. Se você está iniciando no exercício; para garantir a “queima de gordura”, a intensidade deve ser moderada (caminhar rápido ou fazer jogging) a moderada alta (correr a uma velocidade média): entre 60 e 80% de sua FCM (freqüência cardíaca máxima). A esta intensidade, você pode fazer:

  • Métodos contínuos sem parar, mantenha a intensidade constante!

  • Intervalos (variando de intensidade sem pausas completas ou passivas). Procura que sejam mais de 30 minutos.

DICA: Checa os diversos métodos que existem aqui



  • Evita sessões de treinamento de mais de 2 horas, já que depois deste tempo, por questões hormonais e enzimáticas, a taxa de queima de gordura torna a valores muito parecidos com os de situações de repouso.


  • Se você também fizer força rotina; e seu principal objetivo é queimar gordura; faça cardio ao terminar. Sugiro um método fracionado:Bicicleta, correr ou dançar, por 2 minutos.Caminhar ou parar completamente de 1 minuto.Repita 10 vezes, 30 minutos no total.


  • Faça exercícios de alta intensidade HIIT, sprints (fracionado é o nome acadêmico do método). Durante os blocos de esforço, você pode atingir intensidades entre 80 e 100% da FCM, o Correr ou nadar muito rápido ou fazer burpees! Entre os mais “forte”, menos tempo de esforço. Procura fazê-lo, pelo menos, 15 minutos.

  • Importante: há períodos de trabalho INTENSO, alternados com blocos de descanso total.

  • ATENÇÃO! Há que fazê-los em terra (correr, saltar, subir escadas, rolar na bicicleta) ou em aparelhos em que você pode travar completamente, como esteira, bicicleta, máquina de subida de corda, remadora, escada (stair master). Ou atividades como natação, barras, saltos a bancos pliométricos ou pular corda!

A vantagem deste tipo de cardio –fracionado muito curto de alta intensidade HIIT, é que se o fizer de forma eficiente, você pode fazê-lo antes ou depois do treino de força. No entanto, sugiro que se quiser ganhar massa muscular faça o trabalho de força (musculação, aparelhos, ou funcional –crossfit-) antes.


Você já tem a informação, assim que aplique e a olhar o corpo!

5 dicas para queimar mais gordura com exercícios
Rate this post